Releases
 

COMO REAGIR SOB PRESSÃO?

A cada dia sentimos e vivenciamos as pressões do cotidiano. Seja no trabalho, em casa, com a família ou com amigos. A globalização cobra da sociedade um corrida contra o tempo. Vivemos sob pressão boa parte de nossas vidas. Mas como reagir sem nos ferir e sem ferirmos ao outro?

Segundo a psicóloga clínica e desportiva Ilana Levinson, muitos absorvem a pressão do trabalho no próprio organismo. São aquelas pessoas que apresentam constantes dores de cabeça, dores nas costas, mau humor etc.

A pressão muitas vezes pode levar a pessoa a doenças irreversíveis como AVC ou enfarto, por exemplo. Recentemente presenciamos a atuação do jogador Romário prestes a fazer seu milésimo gol. Foram quatro ou cinco jogos onde ele não conseguia completar as jogadas para fazer balançar a rede do adversário. Esta “pressão”, acabou por contagiar todo o time. O mesmo acontece com outros atletas e também com executivos, médicos, jornalistas, advogados. Cada qual ao seu perfil profissional é pressionado para apresentar resultados.

Em boa parte deles, o físico cobra, ele reage a estes estímulos externos apresentando quadros clínicos danosos à saúde.

PROPOSTA:

Gostaríamos de propor uma entrevista com a Dra. Ilana onde ela poderá falar mais detalhadamente sobre como viver bem sob pressão, aproveitando as chances que a vida nos oferece da melhor maneira possível, sem ter o corpo físico afetado, sem dores, sem medos, sem transtornos, sem depressão.

Viver um dia a cada vez, deixando o passado para trás e o futuro por vir. Esta é uma das maneiras de melhorar a qualidade de vida. Existem outros métodos que ela poderá falar também, citando exemplos. Precisamos aprender a conviver com as cobranças do dia a dia usufruindo o que de melhor a vida nos oferece.

 
Voltar